Óleo mineral para o cabelo: sim ou não?

Óleo mineral para o cabelo sim ou não - Três mulheres com cabelos loiro, ruivo e castanho, respectivamente - Skafe Cosméticos

O óleo mineral é um componente muito utilizado nos cosméticos capilares, mas por ter origem do refinamento do petróleo, muitos consumidores que estão passando pela transição capilar abominam esse produto. A pergunta que não quer calar é: óleo mineral faz bem ou mal para os cabelos? Bom, depende do ponto de vista, da quantidade e da frequência de uso.

São inúmeros cosméticos capilares no mercado com esse componente, e não dá pra sair abandonando eles por aí sem nem ao menos conhecer suas propriedades, não é mesmo? Por isso, listamos os benefícios e os malefícios do óleo mineral para o cabelo. Confira:

Benefícios do óleo mineral para o cabelo

O óleo mineral não tem como função principal cuidar dos fios, mas sim, ao ser combinado com outros reagentes, conduzir os ativos que possuem essa finalidade. Ele cria uma “película” protetora nos fios, que impede o ressecamento excessivo e o frizz. Vale ressaltar que esse componente só impedirá que os nutrientes penetrem nos fios se for utilizado em excesso, sem uma limpeza profunda adequada, que sugerimos ser feita pelo menos uma vez ao mês.

Malefícios do óleo mineral para o cabelo

Não existe nenhuma pesquisa científica que afirme os malefícios reais do óleo mineral para o cabelo. Porém, por ser oriundo do petróleo, se você utilizar algum produto com esse ativo e não aplicar o shampoo antirresíduos pelo menos uma vez ao mês, hidratações futuras podem não penetrar nos fios como você gostaria. O segredo é você fazer uma limpeza profunda sempre que for realizar um procedimento mais intenso nos fios.

O óleo mineral costuma vir identificado como “Paraffinum Liquidum”, “Mineral Oil”, “Paraffin Oil” e “Deobase” nos ingredientes expostos nas embalagens. Com essas explicações, respondemos a pergunta que está lá no título deste post! 😛 Óleo mineral para o cabelo SIM! É só usar com cautela e fazer aquela limpeza que descrevemos acima, simples e fácil assim. Se você não está passando pela transição, pode usar sem medo de ser feliz!

Beijinhos e até a próxima dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *